sexta-feira, 24 de junho de 2011

ESPECIAL - Incidente em Varginha


Jogo brasileiro baseado em "fatos reais" é um dos poucos FPS produzidos no Brasil, conheça mais deste game nesta matéria exclusiva.


Em 1996 aconteceu um dos fatos mais famosos da ufologia * brasileira, um ET foi avistado na cidade mineira de Varginha, independente da verossimilhança do fato a produtora Perceptum lançou em 1998 um game baseado neste fato, Incidente em Varginha. Este jogo foi lançado para PC baseado em Windows 95 ou DOS 6.2 e foi produzido numa época que não havia processadores com 7 núcleos. A parte gráfica do jogo é muito simples mesmo para época, pois jogos como Half-Life já mostravam grande qualidade gráfica. 
A história do jogo começa quando um homem comum recebe de alienígenas que acabaram de chegar na Terra a missão de ajudá-los em sua fuga, e é claro que ele tomou a decisão óbvia que toda pessoa normal tomaria, que é pegar uma arma e sair matando soldados do exército para cumprir sua missão. Além da cidade de varginha, o jogo tem fases ambientadas em outras cidades, como Rio de Janeiro e São Paulo. A história é simplória e a jogabilidade também, não existe variedade de armas, os cenários não tem elementos de interação. Um dos destaques do game é a trilha sonora, misturando musicalidade de trilha de videogames com sons da música brasileira, bem interessante, mas a dublagem..........


 

A construção gráfica foi estranha, cenários em 3D com personagens em 2D. O jogo também possuía muitos bugs, principalmente falhas nos controles, resultando em uma alta dificuldade para se jogar o game, valeu pela tentativa da Perceptum, o game ficou até famoso, mas não conseguiu boa venda.

Gameplay do jogo

Fique de olho no blog MEGAbit, várias outras matérias exclusivas sobre games vão aparecver por aqui.

*estudo de relatos, registros visuais, evidências físicas e demais fenômenos relacionados aos objetos voadores não identificados.

Por ConstancioH


Quaisquer críticas ou sugestões, basta entrar em contato com o email: mbgames@zipmail.com.br

Siga-nos no Twitter:
Conheçam o nosso canal no YouTube

Nenhum comentário:

Postar um comentário