terça-feira, 10 de maio de 2011

MEGAnálise - Reckless Racing

Leia a análise de um dos games de corrida mais divertidos já feitos para Smartphones.
Lançado em Outubro de 2010 para Iphone e Android,  Reckless Racing inovou ao apresenta jogabilidade retrô aliada a tecnologia de ponta. Neste game, assim como nos jogos de corrida antigos, você vê os carros de cima, mas a parte gráfica e a física trazem o que há de mais moderno. Esta análise foi feita usando o sistema IOS, e a versão do game usada foi a 1.3.0, lançada agora em Março, com esta atualização o game ganhou novas pistas e o controle foi melhorado.
Gráficos

Nesta produção da EA Mobile / pixelbite games os gráficos realmente ficaram muito bons (usaram a engine gráfica FUSE, específica para smartphones), o jogo, apesar de ser visto por cima faz proveito disso para mostrar belíssimos cenários, cheio de texturas com ótima definição. A terra, as pedras, as pontes, as casas, as árvores (que balançam de acordo com o vento ou quando o carro bate nelas)...  tudo é tão bem feito que parece que você está jogando um game "foto-realístico". A pixelbite investiu pesado na física, os carros, bem detalhados diga-se de passagem, escorregam e ficam mais pesados se você tiver levando alguma mercadoria, tudo muito detalhado em uma produção para smartphone. Muito bem feito, muito bem feito mesmo. Precisa do IOS 3.0 ou superior para rodar.
Nota: 10

Neste trailer com gameplay o jogo ainda se chamava Deliverace.

Som

Um show a parte, isso define bem a trilha sonora do jogo. A música é toda tocada em banjo, a definição do som está ótima e os temas são muito bons, passando sentido de humo ao jogo. Os sons do game são muito bons também, rara produção para smartphones que se preocupa com os ruídos do ambiente. O ronco dos motores, as batidas, está tudo lá.
Nota: 10

Jogabilidade

Reckless Racing representa um problema para os mais impacientes, exige uma boa curva de aprendizado. A física realista do game acaba fazendo você escorregar e bater muito nas primeiras vezes que joga o game, mas depois que você acostuma passa a usar a física como estratégia de jogo, dando a Reckless Racing um grande diferencial, já que poucos jogos adicionam a física a jogabilidade. Os controles obedecem muito bem, principalmente nesta versão 1.3.0.  O jogo consegue agradar me cheio aos que curtem games estilo retrô, pela jogabilidade que usa a câmera por cima, mas agrada também aos que gostam de games com tecnologia de ponta, graças aos bons gráficos e a física realista.
Nota: 10

Replay

Reckless Racing vai ocupar muitas horas, ele vem com modo entrega (onde você deve pegar um produto em um ponto da pista e entregar em outro), modo contra o tempo, modo rally e modo on-line, além disso ele tem várias pistas para serem exploradas (19 no total). O modo on-line funciona bem e suporta vários jogadores ao mesmo tempo. Além disso as várias qualidades técnicas do game fazem sempre o jogador querer voltar ao game, pois não é em todo game de carro que a física faz parte da jogabilidade.
Nota:10

Originalidade

Reckless Racing não inova, ele é uma forma nova de se jogar jogo antigo. O fato da física fazer parte da jogabilidade faz dele uma evolução dos games de corrida estilo retrô. Todos os elementos técnicos e de jogabilidade do game são muito equilibrados, apesar da tecnologia avançada empregada no game muitos podem se incomodar com a impressão que o jogo passa de ser 100% retrô, impressão que some depois de uns minutos de jogo.
Nota: 7,0

Avaliação final: 9,4

Eleito um dos melhores games de 2010, esta nova versão, lançada em Março de 2011 melhora o que já era ótimo, dando mais pistas e e equilibrando os controles. O jogo, que ocupa 57.9 Mb e custa cerca de U$S 0,99, vale a pena ser jogado. Ele também está disponível para o Android e o ZEEBO. Reckless Racing é uma produção de primeira grandeza e mostra que grandes games, bem feitos ,bem produzidos, podem aparecer no mundo dos smartphones. Reckless Racing é um jogo retrô? É jogo para hardgamers? Reckless Racing é um jogo para quem quer se divertir.

 A nota do game é obtida somando-se todos os quesitos e dividindo por cinco. 


Por ConstancioH

Quaisquer críticas ou sujestões, basta entrar em contato com o email: mbgames@zipmail.com.br

Siga-nos no Twitter: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário